• As voltas que a vida dá

    Este o mote da nova campanha da Caixa. Eu detesto fazer publicidade a bancos, mas tenho de partilhar 1) porque a campanha foi feita por um amigo meu e estou toda orgulhosa, 2) porque as histórias são inspiradoras e 3) porque adoro pessoas que arriscam tudo pelos seus sonhos e adoro ainda mais quando os seus sonhos se realizam.

    Pode ser que um dia o meu amigo Francisco possa adicionar à sua campanha um filme sobre uma criativa publicitária que escrevia nos tempos livres, até que teve coragem (e possibilidade financeira sem ter de vender a alma a um banco) para se dedicar apenas à escrita.

    Agora a sério, parabéns também à Caixa por aprovar esta ideia tão gira e à dupla do Francisco, porque por trás de um grande director de arte está sempre um grande copy. Agora vejam a história do Nuno Sá e aproveitem o fim-de-semana para pensar nas voltas que a vida pode dar.






    1 comentários → As voltas que a vida dá

    Enviar um comentário