• Faça Você Mesmo


    Não sei se alguma vez partilhei aqui no blog o quanto gosto de fazer pequenos trabalhos de "artesanato urbano". Aliás, em tempos cheguei mesmo a participar em feirinhas de "arts and crafts" onde vendia molduras, caixinhas, anéis, bandoletes e pregadeiras feitas por mim.

    Só que o tempo não dá para tudo e a dada altura preferi dedicar o meu (pouquíssimo) tempo livre a escrever e lá arrumei as ferramentas na prateleira mais alta do roupeiro.

    No entanto, no outro dia, estava a arrumar a minha colecção de malas e carteiras quando descobri esta. É preta, de pele, alta qualidade, mas o estilo tinha pouco a ver comigo.



    Questionei-me se haveria de dá-la a alguém ou tentar vendê-la num qualquer site, até que uma musa inspiradora passou pelo quarto e me sussurrou ao ouvido que eu poderia pegar no meu talento para o artesanato e transformá-la em algo que fosse a minha cara. Tenho de confessar que a musa inspiradora tinha estado comigo em Nova Iorque na loja do Marc Jacobs e tal como eu, adorou esta mala na nova colecção, que infelizmente custava o meu ordenado.



    Adiante. Peguei numa caixa onde tinha pregadeiras, berloques, colares e outras pendurezas que já não usava há anos e anos e deitei mãos à obra.


    Este é o resultado: uma mala personalizada, única e onde posso exibir todos aqueles pequenos objectos que nunca mais iam sair da gaveta.




    Está gira, não está?
    Obrigada Marc Jacobs pela inspiração.

    0 comentários → Faça Você Mesmo

    Enviar um comentário