• Carta à nossa Selecção


    Querida Selecção,

    Confesso que não és a equipa que me enche as medidas, nem me emociono com os teus jogos como me emociono a ver os jogos do meu Benfica, mas és a equipa que representa o meu país e só por isso hei-de defender-te com unhas e dentes e apoiar-te com todo o meu coração, nos bons e nos maus momentos.

    Também tenho de admitir que o futebol que começaste por praticar neste Europeu, sem grande espectacularidade ou jogadas brilhantes, não é o que mais gosto de ver, mas nessas coisas sou muito pragmática: prefiro que ganhes do que jogues bonito. E a verdade é que foste passando cada fase a jogar cada vez melhor e ultimamente, sobretudo desde que o meu Renato se juntou ao meu Ronaldo (não desfazendo nos outros jogadores), classe e beleza não tem faltado.

    Não me sinto por isso no direito de te exigir nada, até porque antes do jogo com a Polónia ninguém me convencia de que chegarias à final. Eu é que te devo elogios por teres mostrado ao mundo inteiro que o que torna o futebol tão emocionante é precisamente a reviravolta imprevisível e a certeza de que ganha quem tem mais alma, mesmo que não seja quem joga melhor. E no que toca a alma, querida Selecção, se há alguma equipa que a tem és tu.

    Posto tudo isto, ainda assim, queria pedir-te uma coisa: podes trazer o caneco para casa?

    Ah e tal ir à final já é muita bom, grande orgulho, somos uma das duas melhores equipas da Europa. Não. Não é verdade. Neste ponto estou a 100% com o Mister: uma final é para ganhar. É que já me bastou o melão de 2004 e mais dois melões benfiquistas em 2013 e 2014. Na verdade (e agora os meus leitores portistas podem gozar deste triste facto) nunca vivi a experiência de ver a minha equipa, seja o Benfica ou Portugal, a ganhar uma final de uma grande competição internacional (os sub-20 não contam, tá?)

    Traz o caneco, vá.
    É só ganhar mais um jogo. Seja aos 90, aos 120 ou depois de dezoito penáltis para cada lado. Seja com o pé, com a mão ou com a cabeça. Não me interessam os pormenores. Só queria mesmo é que ganhasses. Todos sabemos que é possível, todos sabemos que és capaz e, acima de tudo, todos estamos a torcer por ti.

    Um beijo

    3 comentários → Carta à nossa Selecção

    1. Também ninguém me convencia que íamos à final.
      Agora já acredito em tudo :)

    2. 100% de acordo!

    3. Força e alma ao peito ! Sejam o nosso orgulho. Dêem esta alegria ao nosso povo que bem merece, depois de tanta crise e sofrimento nestes últimos tempos; que possamos todos ter. como compensação, os momentos ímpares de euforia e prazer por ver o nosso país ao alto. Amém . Beijinhjos

    Enviar um comentário